Monday, October 19, 2009

Bem-vindo a Lagos, Portugal. Se voce conseguir chegar...

Mes passado, fomos para Portugal filmar o primeiro comercial para nosso novo cliente. Esperava ir para Lisboa (onde ficam as maiores produtoras do pais), mas acharam um autodromo mais novo e mais barato no Algarve. Lah jah foram filmados outros comerciais usando carros de corrida, mas ateh voce conhecer em detalhes o local, todos parecem iguais. Mas isso nao vem ao caso agora.
A longa viagem aa ponta da Europa foi ainda mais longa do que o esperado. Essa placa ai da foto foi vista entre Lisboa e Faro, trecho que normalmente toma 45 minutos do seu tempo. No nosso caso, tomou quase 4 horas. Isso porque os pilotos da TAM estavam de greve e nos tivemos que fazer o trecho de onibus. O que me surpreendeu nessa historia toda nao foi o onibus: foi a TAM. Para comecar, logo ao descer do aviao, disseram que o voo poderia ser cancelado devido aa greve. Caso fosse cancelado, nao haveria compensacao. Por isso, disseram eles, corra para o check-in (que ficava em outro terminal). Depois de uma longa jornada, chegamos ao terminal domestico, onde o panico estava instalado. Turistas alemaes, que provavelmente nem sabem o que as palavras "greve" e "desorganizacao" significam, gesticulavam com os funcionarios da TAP para ter certeza que chegariam ao seu destino com as malas. Ah, as malas... Sim... Depois de terem nos explicado que iriamos de onibus ateh Lagos, nos fizeram voltar ateh o terminal internacional (de onibus), carregar a bagagem pelo aeroporto e subir (nao aos ceus, mas) no onibus. Coisa de... Bem, para tornar a viagem ainda mais interessante nossa unica parada na estrada foi enriquecida com a perda de um passageiro. Imagine soh. Perder um passageiro na estrada. Eh demais.
Enfim, chegamos. O tempo estava otimo e, se nao fosse pela quantidade de idosos no hotel, daria para achar que eu estava de ferias. Lagos eh uma cidade supercharmosa. Minuscula, mas charmosa. Tem as calcadas do Rio e de Santos, o acabamento de Salvador e a comida portuguesa. Delicia. Fora isso, tem tambem uma quantidade incrivel de imigrantes do Leste Europeu. A gente falava mais russo do que portugues por lah.
Amanha escrevo sobre as aventuras no autodromo.

Fui.

1 comment:

Thais said...

Queria ler a mente dos alemães... deviam estar fulos! O triste é saber que aqui no Brasil o povo ia achar no mínimo normal...