Thursday, June 01, 2006

Chernobyl. Uma vez na vida e outra na (talvez mais proxima) morte.


Welcome to Chernobyl.
Originally uploaded by Andreas Toscano.
Tem coisas que a gente faz na vida e nao sabe bem porque. Ir a Chernobyl eh uma delas. Apesar de ser um passeio unico, que ninguem que voce conhece vai fazer (tirando eu), nao eh um dos destinos mais interessantes para turismo. Sem falar na radiacao.
Para quem nao sabe, Chernobyl eh a cidade onde ocorreu o maior desastre nuclear de todos os tempos. No dia 26 de abril de 1986, um dos reatores explodiu devido aa incompetencia dos operadores e ao seu design fragil (modelo sovietico que foi abandonado). 100.000 pessoas foram obrigadas a abandonar a regiao na epoca e poucos voltaram depois.
Hoje, Chernobyl eh a maior reserva natural da Europa. Eh um contraste muito interessante. Voce vai para o local onde ocorreu uma catastrofe e encontra uma area verde enorme, com animais rondando livremente. Logo na entrada da area de exclusao, fomos saudados por 2 alces que estavam no meio da rua. Dizem que tambem eh possivel encontrar lobos e ursos por lah.
O passeio consiste em conhecer as pessoas que ainda moram nos vilarejos ao redor de Chernobyl, visitar o reator (conhecido hoje como cemiterio) e a cidade-fantasma de Pripyat, onde moravam cerca de 45.000 pessoas.
A primeira parte nao tem muito a ver com o desastre em si: eh apenas uma visita a um vilarejo, que poderia ser em qualquer canto da Ucrania. Os idosos de lah sao identicos aos do resto do pais.
A visita ao reator jah eh diferente. Logo na entrada da area de usinas tem uma torre de resfriamento gigante pela metade (daquelas que a gente ve na TV). Pouco depois, comeca uma sucessao de reatores. Sao construcoes enormes, que parecem grandes mesmo aa distancia. De longe eh possivel avistar o reator que explodiu e que, hoje, esta coberto por concreto para evitar a proliferacao de particulas nucleares (principalmente Cesio). Durante todo o trajeto, o guia carrega um medidor de radiacao. Proximo ao reator, a medicao atingiu 0,799. O nivel seguro eh 0,015.
Depois do reator, eh hora de conhecer a cidade-fantasma de Pripyat. Esse eh o ponto alto do passeio. Entrar numa cidade onde moravam milhares de pessoas e ouvir apenas seus proprios passos e os grilos eh uma experiencia inenarravel. O cinza dos predios soh eh quebrado pela vegetacao que estah tomando conta de tudo e pelas alegres pichacoes nos muros. Tudo estah exatamente como foi deixado em 1986, quando a cidade foi evacuada aas pressas. Nao ha condicoes de morar em Pripyat pelo menos por mais 300 anos. No parque de diversoes da cidade, por exemplo, o nivel radioativo chegou a 2,018. As pessoas que trabalham lah (militares, guardas, etc.) tem que trabalhar em turnos: 3 dias lah e 3 dias fora, ou 15 dias lah e 15 dias fora.
Depois do passeio todo, voce passa por uma maquina que mede a radicacao no seu corpo para saber se voce estah "puro" para voltar aa civilizacao. Todos nos estavamos OK. Mesmo assim eh recomendavel jogar as roupas no lixo (especialmente os sapatos).
Curta as fotos no Flickr pois muito provavelmente voce nunca vai ver esse lugar com seus proprios olhos.

Sorte sua. Ou nao.


Abrassssssssssssss

9 comments:

Anonymous said...

Valeu, ja matei a minha curiosidade de ver Chernobyl. Ceis sao loucos....

Ah, encontraram o Homer que explodiu tudo por lah? hehehe

Como vao as coisas por ai?

Eh isso,

Abrassssssssssssssssssss

Tomi

Andreas Toscano said...

Se tinha um Homer lah, acho que ele estah comendo Donuts no ceu...

marcia said...

É interessante ser testemunha ocular de uma cidade fantasma que acabou pelas próprias mãos e descuido do homem. Se morasse perto, eu teria ido lá também, apesar do medo da radiação. Achei muito triste não ver a vida humana no meio das construções e parques.
Valeu ver as fotos.
bjk

Anonymous said...

Very best site. Keep working. Will return in the near future.
»

Júnior said...

Cara, aonde consigo ver as fotos desse tal Flickr?? se puder me ensinar, gostaria muuuuito....
abraço!

Anonymous said...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. film editing schools

rodrigotardin@hotmail.com said...

Sensacional Amigo! Sou Brasileiro, e gostaria MUITO de visitar Chernobyl, principalmente Pripyat. Você pode me dizer como você foi? Obrigado!

Bruno Mattarollo said...

Meu "sonho" é visitar Pripyat. Eu não sei pq, mas acho aquele lugar fascinante... Apesar da triste história. E á propósito: No caso de não estarem 'puros', o que aconteceria com vocês? :D


Abraço

FABIO BARBOSA said...

Eu tenho um grande sonho de ir nesse lugar. Qdo eu vejo falar fico arrepiado. Pripriat é um dos lugares exoticos que ainda quero ir. Voce é o cara.