Monday, May 23, 2005

Banho.

Fato 1: Meu dupla fede.
Fato 2: Tem gente na agencia que usa a mesma roupa todo dia.
Fato 3: Alguns tem desculpa para feder.

Vamos comecar do comeco. Ha uma semana, eu colaborei para a mudanca do sistema aqui na agencia. Antes trabalhava-se em trios: redator, diretor de arte e designer. Agora soh duplas, como no Brasil: redator e diretor de arte. Primeiro porque o designer aqui eh simplesmente o assistente dai. Segundo porque nao tem trabalho suficiente para um designer em todo job.
Resumindo, eu escolhi um dos diretores de arte que se mostrava mais esperto e todos mantiveram seus duplas anteriores. O fato eh que ele fede. Cheiro de suor velho, falta de banho. Nao tem o que fazer, apenas conviver com o fato. E ele nao eh o unico. Outro dia eu conto como esta sendo o nosso convivio.

Dito isso, vale lembrar que aqui tem gente que nao troca de roupa. Eh assustador. Da ate medo de dar aquele tapinha nas costas porque a roupa pode ja ter adquirido vida e revidar. (Carlao, o moletom cinza que voce usava todo dia na ESPM ia se sentir em casa.) O estagiario, por exemplo, vem com o mesmo tenis, a mesma calca e a mesma jaqueta desde que eu cheguei aqui. Considerando que tem gente que tambem usa o mesmo jeans no Brasil, vamos a um exemplo mais extremo: tem um redator que usa a mesma CAMISA ha 3 semanas. Eu nao quero nem imaginar a cor que esta a parte interna daquele colarinho. Porque a parte anterior da unha dele eu sei como esta. Eu escrevi anterior ao inves de parte branca por esse motivo, ok?

Mas, como sempre ha um mas, alguns desses individuos merecem perdao pelos seus odores. Eu fiquei sabendo que eh normal na primavera faltar agua quente por duas semanas. Nao para todas as casas (e espero que eu fique entre os excluidos desse servico), mas para aquelas que necessitam de melhorias nos encanamentos. Uma dessas favorecidas eh a diretora de atendimento da maior conta da agencia. Outro dia ela disse que precisava passar em casa depois da reuniao para trocar de roupa. Ela voltou para o taxi apos 3 minutos. Eu perguntei: "Mas jah tomou banho?" Ela respondeu: "Nao, soh troquei de roupa para me sentir mais fresca. Eu estou sem agua quente ate a semana que vem." Nussss.

Enquanto isso, sigo em frente. Mas deixando um rastro de sabonete, shampoo, desodorante, hidratante e perfume por onde passo.

Beijos.

8 comments:

Visitante said...

hahahaha ... em Roma faça como os romanos !!! Pra não criar atrito, sugiro que vc tbm não tome banho !!!

As vezes eles são como eu, tem roupas de estimação !!! Como meu air-walk !!! hahahahahahahahaha

anaaleixo said...

Deas, pelamordedeus, realmente de todas as diferenças essa deve ser a "peor". Nessas horas dou graças a Deus pela nossa herança indígena. Se o negócio feder mesmo, passa um pouquinho de Vick Vaporub nas narinas pra dar uma amenizada na situação...
Se cuida, beijos, Aninha

Andreas Toscano said...

Valeu, Ana. Preciso ver se tem Vick por aqui... O primeiro post deve ser do Carlao.

Visitante said...

hahahaha...quer dizer q os caras q trampam c vc sao mais fedidos do q aqueles bebados q jogavamos contra no Juca. E como as baladas por aí... to contigo em julho....ja arruma um canto pra eu passar uns dias aí.
Abraço
Churros

Andreas Toscano said...

O cheiro nao eh pior que os caras no JUCA. Mas uma coisa eh jogar com cara fedido, outra coisa eh passar o dia ao lado de um cara fedido...

Visitante said...

Adnreas,

O primeiro post foi meu !!!


Dudu

Carlao said...

Deas, meu moleton quer saber qd ele pode ir pra Kiev ahahah

Anonymous said...

Best regards from NY! »