Wednesday, December 20, 2006

Gostosa passando em frente aa construcao.
Hottie walking by the construction site.


One way street: Gay St.
Originally uploaded by Andreas Toscano.
Apesar da Parada Gay do Brasil ser a maior do mundo, homossexualismo ainda eh tabu no pais. Dificilmente voce entraria num escritorio de advocacia e veria dois advogados de maos dadas como se nada estivesse acontecendo. Alias, acho que se voce visse isso, dificilmente daria seu caso (sem trocadilho) a eles.
Aqui eh difierente: ao inves de caminhar na Paulista num dia especifico, eles se caminham em todo o canto a toda hora. E aqui, eles sao realmente livres para curtir a opcao deles. Nao tenho nada contra, mas tem uma coisa que me irrita que eh o olhar "vem pra Caixa voce tambem, vem". Eles nao entendem que um homem alto e forte possa ser heterossexual. Pelo menos em NY.
Depois de um tempo caminhando, eu entendo a reclamacao de todas as mulheres de classe no Brasil. Abre aspas. "Meu, os caras olham para a minha bunda sem a menor vergonha e ainda fazem aquela cara de vem comigo". Eh exatamente isso que eu penso aas vezes. Tem uns caras que olham tanto que eu ate checo se nao esqueci de vestir as calcas antes de sair de casa. Mas fazer o que, ne?

-------------------------------------------------------------------

Although the Brazilian Gay Parade is the biggest in the world, homosexuality is still a taboo in the country. You'd hardly ever see two men holding hands in a law office as if nothing was happening. And if you did, I bet you wouldn't let them go over your delicate issues (no pun intended). Here it's all different: instead of walking down the Paulista avenue on a specific date, they walk everywhere all the time. And here they are really free to enjoy their option. I have nothing against other people's orientation, but there's something that annoys me and that is the "you-don't-know-what-you're-missing-and-I-can-show-you" look. They can't understand how a tall strong man can be heterosexual. At least in NY.
When I go out for a walk, I understand what classy women complain about. Open quotation marks. "Men look at my ass with no constraint whatsoever and still give me that "I'm horny" look." That's exactly what I think sometimes. Some men stare so much that I have to check and see if I didn't forget to wear my pants before I left home. But what can I do, right?

5 comments:

Antonio Lino said...

caçarola! fiquei longe da net nos últimos dias e agora encontro um monte de novidades. delícia! cheguei em sampa essa semana. lindo o jeito como vc consegue achar alguma graça no meio do cimento. vamos ver se consigo o mesmo...
e cuida da retaguarda! :)
beijo!

Fred Neumann said...

Quiaquiaquiaquia! Tô me divertindo aqui com a situação! Coloca uma plaquinha atrás: " this ass is not available. I like pussy."
hahahahaha!

Smacks,

Fredão

Márcio Augusto said...

Ta trabalhando em qual agência agora
?

Andreas Toscano said...

Hahahahaha.

Ainda nao to trabalhando. To decidindo o rumo em breve.

Abrasssss

Anonymous said...

Brother,

Feliz Natal procê!!! Já tá "white christmas" aí?

2007 melhor ainda.

Abrassssssssssssssssss

SSSSnooollllllllboard!

Tomi